quinta-feira, 24 de junho de 2010

Planeamento 2011

A época de criação de 2010 está quase a terminar, não tendo corrido como pretendia, mas, segundo sei, é um mal quase geral. Nesta altura já nos vamos apercebendo da qualidade (ou falta dela) dos canários nascidos nas primeiras posturas. Este ano, em principio só irei participar na exposição do COBL. A falta de canários impede-me de participar no campeonato internacional, que decorre, sensivelmente, na mesma altura, sendo esta exposição uma ambição minha para o presente ano que ficará adiada. Conforme a evolução das aves irei ponderar a participação no campeonato nacional. Em breve colocarei fotos de aves jovens em que deposito mais esperança, indo actualizando as mesmas, visando o acompanhar da sua evolução.
Nesta altura já estou a planificar a próxima época de criação. É verdade, esta ainda não acabou, mas é altura de começar a selecção de aves para a próxima campanha. Recentemente dispensei todo o meu plantel de lipocromos vermelhos mosaicos, foi uma decisão difícil, mas temos que fazer opções e tive que limitar o número de casais e por inerência de raças, pois o tempo não dá para tudo e, muitas vezes pensamos que é só mais três ou quatro gaiolas no meio de trinta e tal, mas não é bem assim. Para o próximo ano irei criar com trinta e seis casais, oito de lizards e amarelo mosaico e quatro de cada uma das linhas de féos . Geralmente e em média, costumo formar um plantel com suplentes, sendo que para quatro casais fico, no mínimo, com duas fêmeas e um macho de prevenção. Depois do campeonato nacional é muitas vezes difícil adquirir as aves que pretendemos, sendo quase sempre muito mais caras, daí, e prevenindo normais baixas, fêmeas que não põem ou machos que não galam, ficar sempre com os citados suplentes é muito importante. Alguns criadores dispensam as suas aves e depois têm até de recorrer às lojas para colmatar baixas de última hora, adquirindo aves de menor qualidade relativamente aquelas que dispensaram.
Nesta altura escolho os progenitores que se vão manter e vou seguindo atentamente os juvenis seleccionando os que interessam para permanecerem no plantel. Em finais de Agosto, princípios de Setembro, já tenho uma ideia das aves e correspondentes caracteristicas que necessito adquirir, ou porque não as possuo ou porque possuindo-as não têm qualidade ou, simplesmente, para injectar sangue novo. O mês de Setembro é o ideal para adquirir as aves, porque em regra os criadores têm uma maior oferta e, como tal, aumenta as probabilidades de encontrarmos o que desejamos. Este ano, dados alguns dissabores já ocorridos, as aves que adquirir irão cumprir uma quarentena fora do canaril. Nos anos anteriores essa quarentena era feita no canaril, isolando a ou as aves adquiridas, mas para minimizar riscos desnecessários, será cumprida fora do canaril.

3 comentários:

Ricardo Ferreira disse...

Amigo,espero que os teus pássaros após a muda tenham a qualidade que desejas. Pena se não concorreres este ano à Expo Aves em Coimbra, pois os teus canários habitualmente costumam marcar.
Boa sorte...
Abraço.
Ricardo Ferreira

José Santos disse...

Obrigado Ricardo! Pelo que tenho vista a qualidade dos lizards está muito boa este ano apesar de ainda precisarem de ser trabalhados na oxidação. Nos amarelos mosaicos ainda é muito prematuro dar opinião e nos phaeus há três ou quatro que me agradam, mas não tenho ainda a percepção absoluta da raça para poder emitir juizos de valor tão cedo.
Pelo que vi no teu blogue as criações melhoraram substancialmente e desejo que os prémios que obtiveste o ano passado aumentem substancialmente, quiçá no campeonato nacional. Creio que tens aves com qualidade suficiente para discutir medalhas.
Um abraço!

moranguito_Edu disse...

Boa tarde;
Espero que a muda lhe corra optimamente e que posteriormente tenha aves para marcar a diferença.
Um abraço
Eduardo Garcia