quarta-feira, 8 de junho de 2011

Quase no final da criação

Este ano de criação já está quase no final, possuindo cerca de 160 canários anilhados até ao momento, esperando chegar ao 180/190 canários, tal como previa e desejava (encomendei 200 anilhas, mas, como se sabe, algumas perdem-se, porque saiem ou os pais as tiram e caiem nos estrados ou comedouros sem darmos conta e vão para o lixo). O ano de criação vai longo, tendo-se iniciado em Janeiro com a preparação dos reprodutores, acasalamentos e, finalmente, a parte mais árdua, a criação propriamente dita.
Para não variar, existiram alguns sobressaltos, felizmente contornados com a ajuda de amigos e com a informação que se vai recolhendo na net. Quando comecei a canaricultura estava pouco divulgada na net e as informações eram escassas, até porque a bibliografia escasseava (e ainda escasseia). Hoje em dia já não é bem assim, havendo páginas, blogs, fóruns, etc onde se vão recolhendo opiniões, umas mais válidas que outras, mas que são fundamentais muitas vezes para resolver problemas simples com que nos deparamos. Criar canários pode ser muito fácil, mas quando as coisas começam a correr mal lembramo-nos da lei de Murphy e damos-lhe razão.
Nesta altura já tenho projectadas algumas alterações no canaril, com a construção de voadeiras e o isolamento térmico do telhado. Sempre fui contra grandes voadeiras, mas neste momento não tenho alternativa. A manutenção dos canários é mais fácil e os canários não me podem absorver tanto tempo durante todo o ano. Sei que irei ter alguns dissabores, mas paciência!
Relativamente à qualidade das aves, ainda é prematuro emitir juízos de valor, de qualquer forma estou bastante satisfeito com alguns lizards e amarelos mosaico que já me vão chamando a atenção. Quanto aos féos tenho mais dificuldade em emitir opinião a esta distância, mas existe um féo branco macho que acho excelente, principalmente ao nível do porte.
Brevemente irei colocar algumas fotografias.

1 comentário:

moranguito_Edu disse...

Olá companheiro,
Ainda bem que a criação lhe está a correr bem, eu também encomendei 200 anilhas, já tenho 180 aves anilhadas e agumas ainda a nascer até dia 15 e outras já nascidas para anilhar, quanto à quantidade estou plenamente satisfeito, apesar de não me ter corrido de feição, pois alguns machos falharam ainda assim tirar 200 aves com 30 casais, não é bom è muito bom, agora espero que a muda corra bem, pois nesta altura já se começa a pensar nas exposições que iremos fazer.
Dsejo-lhe continuação de boas criações e que as suas aves façam uma optima muda.

Cumprimentos

Eduardo Garcia